quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

IV

1 comentários
Por: Bruno F.

"... A vida é assim, uma ânsia... feito a vaga
que se ergue e rola a espumejar na areia,
- por esse bem que a tua mão semeia
espera o mal que ainda terás por paga!

A essa hora boa te agrada e enleia
sucede uma outra torturante e aziaga,
- a vida é assim... um canto de sereia
que à morete nos convida, e nos afoga...

O teu sonho melhor bem pouco dura,
e há sempre "um amanhã" cheio de dor
para "um hoje" nem sempre de ventura...

Toma entre as mãos o búzio da alaegria
e surpreso verás que no interior
canta profunda e imensa nostalgia..."

Texto: Os mais belos poemas que o amor inspirou 4° edição. pag 177
Foto: http://www.flickr.com/photos/brunosemen/5407945287/

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Noite de Junho

7 comentários
   Ao levantar na madrugada pela a insônia, era 03:45 da madrugada. Caminho lentamente até a janela. Noite fria de Junho, céu negro e cinzente.
   Sem querer... sem sentir... sem saber que em instantes a saudades me invade, com o vento forte qye invade a sala e os pensamentos vão perdidos no ar.
   E então, sinto todo seu corpo em minha alma, como se tivessemos sendo tocados, no prazer do amor formando um ritmo poético, nos formando em um só, realizamos os nossos desejos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...